Atividades interdisciplinares na formação de professores de ciências da natureza no Estado Goiás

Wender Faleiro, Welson Barbosa Santos, Magno Nunes Farias

Resumo


A Licenciaturas em Educação do Campo – Habilitação Ciências da Natureza nascem com a proposta de construir uma formação de professores pautada na interdisciplinaridade, possibilitando assim a construção de diálogos de forma crítica entre diversos saberes no processo formativo. Porém, ainda há diversas limitações e desafios a serem enfrentados na consolidação desse projeto em perspectiva interdisciplinar dentro da Universidade. Assim, o presente texto tem por objetivo descrever algumas estratégias de ensino utilizadas na formação dos Educadores do Campo nas duas Licenciaturas em Educação do Campo – habilitação Ciências da Natureza da Universidade Federal de Goiás (uma da Regional Catalão e outra da Regional Goiás). As estratégias quem vêm sendo utilizadas nas Licenciaturas são: utilização de espaços escolares não convencionais; criação vídeos; uso de adágios; e uso de debates.  Nota-se que as utilizações dessas estratégias contribuem para a produção de processos de educação interdisciplinares e torna o processo de ensino e aprendizagem significativos. A promoção de ações fora das quatro paredes da sala de aula convencional se torna momentos ricos em sentidos, potentes para relacionar vários saberes específicos dos conteúdos disciplinares, contribuindo para a formação teórica e pratica, bem como para promover a valorização da cultura do campo. Além disso, essas estratégias dão perspectivas futuras para que os próprios Educadores do Campo utilizem desses conhecimentos nos espaços escolares e não escolares que atuarão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

 

Rev. Intern. Form. Prof., Itapetininga, SP, Brasil, e-ISSN 2447-8288

Ano de fundação: 2015

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.