Percepção dos docentes do Ensino Médio referente à educação sexual na escola

Letícia Thais Santos Oliveira, Ronaldo Santos Santana, Haller Elinar Stach Schunemann

Resumo


O objetivo da presente pesquisa é investigar a percepção e a formação docente de professores do Ensino Médio sobre o trabalho com educação sexual nas escolas. Para isso, foi realizada uma pesquisa envolvendo cinquenta professores de diferentes disciplinas que lecionavam no Ensino Médio de escolas públicas localizadas em São Paulo. Foi aplicado um questionário a esses docentes e realizada uma análise de conteúdo de todo o material. Os dados evidenciaram que boa parte dos professores não possui uma formação específica adequada para o trabalho com a educação sexual com seus estudantes e uma boa porcentagem destes não desenvolve um trabalho com essa temática junto aos seus alunos frequentemente. Aqueles docentes que desenvolvem tais projetos os fazem por diversos fatores, como, por exemplo, por iniciativa própria, pela temática estar inserida no projeto curricular da escola, entre outros motivos. A ênfase que os professores dão quando implementam projetos de educação sexual é mais em aspectos biológicos e psicológicos em detrimento dos aspectos sociais. Outras pesquisas precisam ser realizadas para que se possa ter cada vez mais clareza sobre a forma como a educação sexual se faz presente em um contexto formal de ensino e quais as possibilidades e os desafios que envolvem essa temática

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

 

Rev. Intern. Form. Prof., Itapetininga, SP, Brasil, e-ISSN 2447-8288

Ano de fundação: 2015

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.