Formação docente no Distrito Federal dos anos 1940: a criação da escola normal Carmela Dutra

Sonia De Castro Lopes, Fabio Souza Lima

Resumo


Este artigo, inserido no campo da História da Educação e das instituições educacionais, pretende narrar parte da história da formação de professores normalistas na cidade do Rio de Janeiro nos anos de 1940. Criada sob a administração e tutela pedagógica do prestigiado Instituto de Educação, a Escola Normal Carmela Dutra apresenta a especificidade de ter sido a única escola oficial do gênero concebida no Distrito Federal até o final da década de 1950. Pensamos ser este um dos momentos mais interessantes da história da escola, na medida em que nos possibilitou investigar o contexto no qual a instituição foi criada, as dificuldades enfrentadas em seus primeiros anos e os interesses envolvidos na proposta de fazer dela uma escola de referência regional, denominada pela imprensa de “Escola Normal dos Subúrbios”.

Busca-se aqui reconhecer a influência da primeira dama do país, Dona Carmela Dutra, no tocante à expansão do curso de formação de professores primários no referido período. A metodologia de pesquisa baseou-se na análise de notícias veiculadas pela imprensa jornalística da cidade do Rio de Janeiro, segundo as orientações sugeridas por De Luca (2008).

 

Palavras-chave: História da Educação. Instituições educacionais. Escola Normal Carmela Dutra.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

 

Rev. Intern. Form. Prof., Itapetininga, SP, Brasil, e-ISSN 2447-8288

Ano de fundação: 2015

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.