Projeto político pedagógico escolar da educação infantil na proposta curricular de Santa Catarina: primeiras aproximações

  • Simone Terezinha Feldhaus de Souza Universidade do Planalto Catarinense
  • Maria de Lourdes Pinto Almeida Docente e Pesquisadora do Programa de Pós Graduação Stricto Sensu UNOESC-SC e URI

Resumo

A elaboração do referido artigo tem por objetivo analisar o discurso da Proposta Curricular de Santa Catarina – PCSC sobre Projeto Político Pedagógico – PPP - na área da Educação Infantil. Esta discussão foi elaborada a partir de pesquisa bibliográfica e documental que proporcionou subsídios acerca das questões que norteiam o conceito e a articulação que a Proposta Curricular de Santa Catarina – PCSC traz sobre a Educação Infantil, e o PPP. Entendemos que o mesmo é um documento necessário para articular as atividades e os projetos que serão desenvolvidos no decorrer do ano letivo, bem como toda a história da escola, métodos de avaliação e recuperação de aprendizagem. Este tema faz parte de um contexto educacional de inquietações e contradições que durante anos permeou e permeia ainda os entraves do chão da escola. Para tanto, a escola como espaço de formação humana, o PPP é um instrumento de concretização e forma de construção contínua com a participação de toda comunidade escolar. No decorrer desse artigo, algumas indagações surgirão: Será ele uma cobrança burocrática ou uma cobrança pedagógica? Sabe-se que o mesmo é um documento orientador das ações pedagógicas da instituição escolar, Nesse sentido, verifica-se que é necessário e oportuno a elaboração da ensinagem a luz da realidade do público interessado, sejam elas em qualquer segmento da educação, longe de “ditar” uma fórmula pronta, haja vista a demonstração infinita do horizonte educacional
Publicado
mar 18, 2016
Como Citar
SOUZA, Simone Terezinha Feldhaus de; ALMEIDA, Maria de Lourdes Pinto. Projeto político pedagógico escolar da educação infantil na proposta curricular de Santa Catarina: primeiras aproximações. Revista Internacional de Formação de Professores, [S.l.], p. 130-146, mar. 2016. ISSN 2447-8288. Disponível em: <https://periodicos.itp.ifsp.edu.br/index.php/RIFP/article/view/257>. Acesso em: 28 set. 2022.
Seção
ARTIGOS