Formação inicial de professores de ciências: um olhar para a afetividade

  • Paula Freitas do Nascimento Universidade de Brasília - UnB
  • Jeane Cristina Gomes Rotta Universidade de Brasília - UnB

Resumo

A dimensão afetiva é pouco presente nas pesquisas em Ensino de Ciências, apesar de ser considerada importante nas relações pedagógicas.  Este estudo visou analisar as percepções dos estudantes de uma licenciatura em Ciências Naturais sobre a afetividade em sua formação inicial. A metodologia foi quantitativa e como instrumento de pesquisa utilizou um questionário. As respostas foram categorizadas e a análise indicou que os licenciandos consideram a afetividade importante para a melhoria do ensino e aprendizagem de Ciências e que está presente na relação professor-aluno deste curso. Entretanto, consideram que são poucos os momentos no curso que abordam a afetividade.
Publicado
jun 18, 2020
Como Citar
NASCIMENTO, Paula Freitas do; ROTTA, Jeane Cristina Gomes. Formação inicial de professores de ciências: um olhar para a afetividade. Revista Internacional de Formação de Professores, [S.l.], jun. 2020. ISSN 2447-8288. Disponível em: <https://periodicos.itp.ifsp.edu.br/index.php/RIFP/article/view/1843>. Acesso em: 30 nov. 2022.

Palavras-chave

Afetividade. Ensino de Ciências. Formação inicial de professor de Ciências