Leituras, escritas e aventuras na formação de educadoras da infância

Rita Medeiros, Marcio Xavier Bonorino Figueiredo

Resumo


Este trabalho é uma experimentação teórico-prática com educadoras e educadores das Infâncias. Baseados em Freire, Josso e Freinet pretendemos adentrar nos debates em torno das culturas lúdicas infantis, através das memórias dos sujeitos envolvidos no mini-curso. São construídos três momentos: Os objetos nas memórias; As teorias explicativas e as releituras do mundo das Memórias.

Palavras-chave


Memórias; Infância; formação de professores

Texto completo:

PDF

Referências


BOSI, E. Memória e sociedade: lembranças de velhos. 3ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

BROUGÈRE, G. Brinquedo e cultura. São Paulo: Cortez, 1995.

BROUGÈRE, G. A criança e a cultura lúdica. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, v. 24, n. 2, p. 103-116, jul/dez. 1998.

CALVINO, I.O Caminho de San Giovanni. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

FREINET, C. As Técnicas Freinet da Escola Moderna. Lisboa: Editorial Estampa Ltda., 1975.

_____________. O texto livre. Lisboa: Dinalivros, 1976.

_____________. Pedagogia do Bom Senso. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

_____________. Ensaios de Psicologia Sensível. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

FREIRE, P. Educação Como prática da Liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

_____________. Abertura. Congresso Brasileiro de Leitura. Campinas, 1981.

_____________. Pedagogia da esperança: um encontro com a pedagogia do oprimido. 4ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

_____________. A Importância do ato de ler em três artigos que se completam. 23ª ed. São Paulo, Cortez, 1989.

FIGUEIREDO, M.X.B. e CAETANO, L. (Org.). A Infância Dura a Vida Inteira. 4ª ed. Pelotas, Lia Raro Editora e Mídia, 2008.

FIGUEIREDO, M.X.B e MEDEIROS, R.C.T.

http://200.132.103.12/repositorio/admin/downloads/labirintos_infancia-1.pdf.

Acessado em 30/03/2009 ás 11:47:02.

FIGUEIREDO, M.X.B.; Rigo, L.C.. Memórias das Infâncias: no processo de formação das educadoras. In: Pensar a Prática. Goiânia. Revista da UFG, n.11(1 4 12 2008.).

GALZERANI, M. C. B. Imagens entrecruzadas de infância e de produção de conhecimento histórico em Walter Benjamin. In: Ana Lúcia Goulart de Faria; Zeila de Brito Fabri; Patricia Dias Prado. (Org.). Por uma Cultura da Infância: Metodologia de Pesquisa com crianças. Campinas: Autores Associados, 2002, v. 1, p. 49-68.

GONZAGUINHA. Caminhos do Coração(Álbum). Ariola. 1982. Lado A, Música 1.

JOSSO, M.. Experiências de vida e formação. SãoPaulo: Cortez, 2004.

JUNG, K. G. Memórias, sonhos e reflexões. 22ª ed. Trad. Dora Ferreira da Silva. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002.

PINTO, M. SARMENTO, M. J. (Coords.). As crianças: Contextos e identidades. Braga Codex. Portugal: Bezerra, 1997.

PORTELLI, A. Tentando aprender um pouquinho, algumas reflexões sobre a ética na história oral. In: Projeto História. São Paulo: Educ, nº 15,1997.

SARMENTO, M.. Visibilidade social e estudo da infância. In: VASCONCELLOS, V.M.R.de; SARMENTO, M. J. (Orgs.). Infância (in)visível. Araraquara, SP: Junqueira&Marin, 2007.

SOUZA, E.C. Histórias de vida e formação de professores. Salto Para o Futuro, TV Escola. SEED-MEC, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

 

Rev. Intern. Form. Prof., Itapetininga, SP, Brasil, e-ISSN 2447-8288

Ano de fundação: 2015

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.