Utilização de modelos qualitativos para pré-avaliação do comportamento de vigas e pilares

Cesar Fabiano Fioriti, Bárbara Siqueira, Fernando Sérgio Okimoto

Resumo


O uso de modelos qualitativos como ferramenta de auxílio no processo de ensino-aprendizagem de estruturas é uma atividade que já vem sendo desenvolvida há algumas décadas. Diante disso, este trabalho teve como objetivo geral o aprimoramento de uma metodologia experimental alternativa para validar alguns tipos de modelos qualitativos, e que consiste basicamente de comparações utilizando imagens digitalizadas, desenvolvido por Oliveira (2008). Para isso foram realizados ensaios em modelos qualitativos de vigas e pilares, sendo que posteriormente esses ensaios foram comparados com os resultados obtidos a partir de simulações computacionais dos mesmos sistemas estruturais em software comercial. Os resultados comparados foram as deformadas dos sistemas estruturais sob carregamento previamente definido, em que tais resultados experimentais permitiram constatar que o comportamento dos modelos qualitativos utilizados é realmente similar ao comportamento de uma estrutura real.


Texto completo:

158-172

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.