Estabilidade de espumas líquidas de soluções de surfactantes: efeito de misturas e adição de nanopartículas

Beatriz Ribeiro Souza de Azevedo, Aurora Pérez Gramatges

Resumo


No presente trabalho foi avaliado o uso de misturas de surfactantes e nanopartículas de sílica na formação e estabilidade no tempo de espumas, pelo método de Bikerman. O surfactante aniônico mostrou o melhor desempenho individual, mas as misturas contendo o surfactante catiônico aumentaram significativamente a persistência das espumas formuladas. Isto é devido possivelmente à interação entre as cabeças do surfactante e os grupos silanóis da superfície da sílica, tornando-a mais hidrofóbica e intensificando a sua adsorção irreversível na interface água/ar

Texto completo:

54-63

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.