Crianças institucionalizadas e suas famílias de origem: as imagens sociais e seus reflexos na garantia de direitos

Mônica Sperb Machado, Juliano Beck Scott, Aline Cardoso Siqueira

Resumo


Estudo quanti-qualitativo que objetiva conhecer as imagens sociais atribuídas às crianças institucionalizadas e suas famílias. Aplicou-se um questionário a 206 participantes. Os dados foram submetidos a análises de conteúdo e frequência. Prevaleceram imagens negativas relacionadas às crianças acolhidas e suas famílias. Estas imagens reforçam sua exclusão social e dificultam a garantia do direito à convivência familiar e comunitária destas crianças. Impactos sociais e psicológicos são discutidos.

Palavras chave: Acolhimento institucional; Crianças; Famílias; Imagens sociais.


Texto completo:

91-111

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.