Violências e o contexto de vida e familiar das pessoas com deficiência: (des) velando a problemática

Thaylane Defendi, Yasmin Sabrina Costa, Carmem Layana Jadischke Bandeira, Marta Cocco da Costa

Resumo


Objetivo: Discorrer e refletir sobre as situações de violência vividas pelas pessoas com deficiência e suas famílias que residem em contexto rural. Método: Inicialmente, realizou-se uma busca em bases de dados científicas, utilizando os termos: violência, pessoa com deficiência e ruralidade, na sequência elaborou-se o corpus do estudo dialogando com outros autores. Resultados: A pessoa com deficiência e sua família vivenciam situações de violência física, psicológica e sexual, aliadas ao rural essas situações implicam em exclusão, dor e sofrimento. Conclusão: Elaboração de novas práticas e competências de atenção e cuidado as pessoas com deficiência em situação de violência no rural.


Palavras-chave


Pessoa com Deficiência. Violência. Família.

Texto completo:

PDF

Referências


LUCENA, K. D. T; SILVA, A. T. M. C; MORAES, R. M; SILVA, C. C; BEZERRA, I. M. P. Análise espacial da violência doméstica contra a mulher entre os anos de 2002 e 2005 em João Pessoa, Paraíba, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 28, n. 6, p. 1111-1121. Disponível em:. Acesso em: 07 de novembro de 2020.

ARBOIT, J; PADOIN, S. M. M; VIEIRA, L. B; PAULA, C. C; COSTA, M. C; CORTES, L. F. Atenção à saúde de mulheres em situação de violência: desarticulação dos profissionais em rede. Revista da escola de enfermagem da USP, volume 5, São Paulo, 2017. Disponível em: . Acesso em: 07 de novembro de 2020.

HONNEF, F; COSTA, M. C; ARBOIT, J; SILVA, E. B; MARQUES, K. A. Representações sociais da violência doméstica em cenários rurais para mulheres e homens. Acta Paul Enferm. 2017; 30(4):368-74. Disponível em: . Acesso em: 07 de novembro de 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência. Brasília, DF, 2013. Disponível em:. Acesso em: 07 de novembro de 2020.

URSINE, B. L.; PEREIRA, E. L.; CARNEIRO, F. F. Saúde da pessoa com deficiência que vive no campo: o que dizem os trabalhadores da Atenção Básica. Interface: Comunicação, Saúde, Educação, Botucatu, v. 22, n. 64, p. 109-120, 2018. Disponível em:. Acesso em: 07 de novembro de 2020.

KRUG, E. G; DAHLBERG, L. L; MERCY, J. A; ZWI, A. B; LOZANO, R. Relatório mundial sobre violência e saúde. Organização Mundial da Saúde Genebra, 2002. Disponível em:. Acesso em: 07 de novembro de 2020.

TONINI, H; LOPES, M. J. M. Desenvolvimento, cuidado e vulnerabilidade: pessoas com deficiência em áreas rurais do RS. R. Interdisciplinar, Piauí, v. 10, n. 3, p. 110-124, 2017. Disponível em:. Acesso em: 07 de novembro de 2020.

SANTOS, M. A.; MARTINS, M. L. P. L. P. Estratégias de enfrentamento adotadas por pais de crianças com deficiência intelectual. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 21, n. 10, p. 3233-3244, 2016. Disponível em:. Acesso em: 11 de novembro de 2020.

ALMEIDA, H. J. L. Vulnerabilidade de mulheres com deficiência que sofrem violência. Departamento Social da Universidade de Brasília, 2011. Disponível em:. Acesso em: 07 de novembro de 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Política Nacional de Saúde da Pessoa Portadora de Deficiência. Brasília, DF, 2008. Disponível em:< https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_saude_pessoa_deficiencia.pdf>. Acesso em: 07 de novembro de 2020.

DAHLBERG, L. L; KRUG, E. G. Violência: um problema global de saúde pública. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 11, n. 1, p. 1163-1178, 2007. Disponível em: . Acesso em: 09 de novembro de 2020.

WANDERER, A. Violência intrafamiliar contra pessoas com deficiência: discutindo vulnerabilidade, exclusão social e as contribuições da psicologia. 2012. 171 p. Dissertação (Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde)–Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2012.

WILLIAMS, L. C. A. Sobre deficiência e violência: reflexões para uma análise de revisão de área. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 9, n. 2, p. 141-154, 2003. Disponível em: . Acesso em 11 de novembro de 2020.

MINAYO, M.C.S. The inclusion of violence in the health agenda: historical trajectory. Ciência & Saúde Coletiva [Internet], Rio de Janeiro, v.11, n.2, p. 1259-1267, 2007. Available from: . Cited 11 nov. 2020.

DAHLBERG L.L; KRUG E.G. Violência: um problema global de saúde pública. Ciência & Saúde Coletiva [Internet], v.11, n.1, p.1163-1178. doi: . Acesso em: 11 de novembro de 2020.

MINAYO, M. C. S. Violência e Saúde. 20. ed. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2006. Disponível em: . Acesso em: 09 de novembro de 2020.

WHITE, M. E; & SATYEN, L. Cross-cultural differences in intimate partner violence and depression: A systematic review. Aggression and Violent Behavior, v.24, p.120-130, 2015. doi: <10.1016/j.avb.2015.05.005>. Acesso em: 11 de novembro de 2020.

ABRANCHES, C.D; ASSIS, G.S. The (in)visibility of psychological family violence in childhood and adolescence. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.27, n.5, 2011. Avaiable from: . Cited 09 nov. 2020.

LAWRENZ P, et al. Violence against Women: Notifications of Health Professionals in Rio Grande do Sul. Psic.: Teor. e Pesq., Brasília, v.34, n.1, p.1-9, 2019. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0102.3772e34428. Acesso em: 09 de novembro de 2020.

COCCO, M,C; et al. Mulheres rurais e situações de violência: fatores que limitam o acesso e a acessibilidade à rede de atenção à saúde. Rev. Gaúcha Enferm., Porto Alegre, v.38, n.2, 2017. Disponível em: . Acesso em: 09 de novembro de 2020.

COSTA, M. C; LOPES, M. J. M. Elementos de integralidade nas práticas profissionais de saúde a mulheres rurais vítimas de violência. Revista da Escola de Enfermagem USP, São Paulo, v. 46, n. 5, p. 1088-1095, 2012. Disponível em: . Acesso em: 11 de novembro de 2020.

PADUA, E. S. P; RODRIGUES, L. Família e Deficiência: reflexões sobre o papel do psicólogo no apoio aos familiares de pessoas com deficiência. In: VII CONGRESSO BRASILEIRO MULTIDISCIPLINAR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL, 2013, Londrina. Anais VII Congresso brasileiro multidisciplinar de educação especial. Londrina, 2013. Disponível em: . Acesso em: 11 de novembro de 2020.

BRASIL. Federação Nacional das APAES. A família no contexto da deficiência: estrutura e dinâmica. Brasília, DF, 2011. Disponível em: . Acesso em: 11 de novembro de 2020.

Lopes, M.J.M. Violência contra mulheres em áreas rurais sob o olhar da saúde. In: Gerhardt ET, Lopes MJM. O Rural e a Saúde: Compartilhando Teoria e Método. 1. ed. Porto Alegre: UFRGS; 2015. p. 77-85.

Ministério da Saúde (BR). Presidência da República. Lei Nº 8.742 de 7 de dezembro de 1993. Dispõe sobre a organização da assistência social e dá outras providências [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde. Avaliable from: . Cited 11 nov. 2020.

Tonini H. Direitos e liberdades das pessoas com deficiência em áreas rurais do Rio Grande do Sul: Vulnerabilidades e desenvolvimento social ampliado [tese doutorado]. [Porto Alegre]: Universidade Federal de Educação do Rio Grande do Sul; 2017. 248 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.