Doença hipertensiva gestacional: resultados maternos e perinatais em gestantes hipertensas

Carolina Maria Simon, Cássia dos Santos Wippel, Caio Rodrigo Quoos, Camila de Oliveira Stringuini

Resumo


A hipertensão desempenha um papel importante na morbimortalidade perinatal e é a primeira causa de morte materna direta no Brasil. Este estudo é transversal, prospectivo, com análise do cartão pré-natal e do prontuário médico de todas as puérperas que tiveram o parto realizado no Hospital Universitário de Santa Maria de janeiro a março de 2017. Foram avaliadas 518 gestantes, das quais 22% apresentavam alguma forma de doença hipertensiva. A associação de síndromes hipertensivas com nascimentos pré-termo e a internação em unidade de terapia intensiva neonatal corroboram a necessidade de atendimento dessas parturientes em centros de referência.

Palavras-chave


Resultados; Gestantes; Hipertensão; Complicações; Prematuridade

Texto completo:

PDF

Referências


ACOG (American College of Obstetricians and Gynecologists). Committee on Practice Bulletins – Obstetrics. Chronic hypertension in pregnancy. Obstet Gynecol. Washington, 29: 177-85. 2011

ASSIS, T.R; VIANA, F.P; RASSI, S. Estudo dos principais fatores de risco maternos nas síndromes hipertensivas da gestação. Arq Bras Cardiol. São Paulo, v. 91, n. 1, p. 11-6. jul. 2018.

BEZERRA, E. H. M; ALENCAR JUNIOR, C. A; FEITOSA, R.F.G; CARVALHO, A.F.A. Mortalidade materna por hipertensão: índice e análise de suas características em uma maternidade-escola. Rev Bras Ginecol Obstet. São Paulo, v. 27, n. 9, p. 548-53, set./dez. 2005.

BUCHBINDER, A; SIBAI, B.M; CARITIS, S; MACPHERSON, C; HAUTH, J; LINDHEIMER, M.D; KLEBANOFF, M; VNDORSTEN, P; LANDON, M; PAUL, R; MIODOVNIK, M; MEIS, P; THURNAU, G. Adverse perinatal outcome are significantly higher in severe gestational hypertension than in mild preeclampsia. Am J Obstet Gynecol. Baltimore, v. 186, p. 66-71, jul./out. 2012.

CUNNINGHAM, F.G; GANT, N.F; LEVENO, K.J; GILSTRAP III, L.C; HAUTH, J.C; WENSTROM, K.D. Hypertensive disorders in pregnancy. In: WILLIAMS J.W (Org.). Williams Obstetrics. Houston: Mc Graw-Hill; 2011.

REPORT OF THE NATIONAL HIGH BLOOD PRESSURE EDUCATION PROGRAM WORKING GROUP ON HIGH BLOOD PRESSURE IN PREGNANCY. Am J Obstet Gynecol. Washington v. 183, p. 1-22, out./nov 2015

SIBAI, B.M; BARTON, J.R. Expectant management of severe preeclampsia remote from term: patient selection, treatment and delivery indications. Am J Obstet Gynecol. Edinburgh, v. 196, p. 514-514, agosto/outubro 2007.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. WHO recommendations for prevention and treatment of pre-eclampsia and eclampsia. Geneva: World Health Organization, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.