O ensino de transformações geométricas: perspectivas teóricas e metodológicas

Natalia Nascimben Delmondi, Vinícius Pazuch

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar e discutir uma situação de aprendizagem do Caderno do Aluno do Estado de São Paulo, que aborda o conteúdo matemático de transformações geométricas, visando estabelecer uma relação com a literatura, pois as transformações geométricas desenvolvem inúmeras habilidades nos estudantes, e os Cadernos vêm assumindo um protagonismo cada vez maior em sala de aula. A metodologia de análise consistiu nos critérios estabelecidos por Delmondi, Pazuch (no prelo). Os resultados mostraram que os Cadernos possuem uma carência de tarefas que abordem as transformações geométricas com caráter investigativo relacionadas com o cotidiano dos estudantes.


Palavras-chave


Ensino de Geometria; Documentos Curriculares; Formação de Professores

Texto completo:

PDF

Referências


ALQAHTANI, M. M.; POWELL, A. B. Mediational activities in a dynamic geometry environment and teachers’ specialized content knowledge. The Journal of Mathematical Behavior, New Jersey, v. 48, p. 77-94, 2017.

AMADO, N.; SANCHEZ, J.; PINTO, J. A utilização do Geogebra na demonstração matemática em sala de aula: o estudo da reta de Euler. Bolema, Rio Claro, v. 29, n. 52, p. 637-657, ago. 2015.

CASSIARI, E. R. Potencialidades e fragilidades na implementação do “Caderno do Professor” e “Caderno do Aluno” da rede estadual de São Paulo. 2011.102 f. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.

CATANZARO, F. O. O Programa São Paulo Faz Escola e suas apropriações no cotidiano de uma escola de ensino médio. 2012. 126 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

CHINNAPPAN, M.; EKANAYAKE, M. B.; BROWN, C. Knowledge use in the construction of geometry proof by Siri Lankan students. International Journal of Science and Mathematics Education, Taiwan, v. 10, n. 4, p. 865-887, 2012.

DEJARNETTE, A. F. et al. Students’ conceptions of reflection: opportunities for making connections with perpendicular bissector. The Journal of Mathematical Behavior, New Jersey, v. 43, p. 35-52, 2016.

DELMONDI, N. N.; PAZUCH, V. Um panorama teórico das tendências de pesquisa sobre o ensino de transformações geométricas. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Brasília, v. 99, n. 253, p. 659-686, set./dez. 2018.

______. O ensino de transformações geométricas: uma análise dos cadernos do aluno e do professor do estado de São Paulo. Revista Educação Matemática – ReMat. (no prelo).

GÓMEZ-CHACÓN, I. M.; ALBALADEJO, I. M. R.; LÓPEZ, M. M. G. Zig‑zagging in geometrical reasoning in technological collaborative environments: A mathematical working space‑framed study concerning cognition and affect. ZDM, Hamburgo, v. 48, n. 6, p. 909-924, 2016.

HEALY. L.; FERNANDES, S. H. A. A. Relações entre atividades sensoriais e artefatos culturais na apropriação de práticas matemáticas de um aprendiz cego. Educar em Revista, Curitiba, n. Especial 1/2011, p. 227-243, 2011.

HEINZE, A. et al. Strategies to foster students’ competencies in constructing multi-steps geometric proofs: Teaching experiments in Taiwan and Germany. ZDM, Hamburgo, v. 40, n. 3, p. 443-453, 2008.

HOLLEBRANDS, K. F.; LEE, H. S. Characterizing questions and their focus when pre-service teachers implement dynamic geometry tasks. The Journal of Mathematical Behavior, New Jersey, v. 43, p. 18-16, 2016.

ISOTANI, S.; BRANDÃO, L. O. O papel do professor e do aluno frente ao uso de um software de geometria interativa: iGeom. Bolema, Rio Claro, v. 27, n. 45, p. 165-192, abr. 2013.

JACINTO, H.; CARREIRA, S. Mathematical problem solving with technology: The techno-mathematical fluency of a student-with-GeoGebra. International Journal of Science and Mathematics Education, Taiwan, v. 15, n. 6, p. 1115-1136, 2016.

LAGE, M. A. Mobilização das formas de pensamento matemático no estudo de transformações geométricas no plano. 2008. 171 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.

LOPES, L. S.; ALVES, G. L. P.; FERREIRA, A. L. A. A simetria nas aulas de Matemática: uma proposta investigativa. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 40, n. 2, p. 549-572, abr./jun. 2015.

MACIEL, A. M.; RÊGO, R. G.; CARLOS, E. J. Possibilidades pedagógicas do uso da imagem fotográfica no livro didático de Matemática. Bolema, Rio Claro, v. 31, n. 57, p. 344-364, abr. 2017.

MAIA, C. M. F. As isometrias na inovação curricular e a formação de professores de Matemática do Ensino Básico. 2014. 332 f. Tese (Doutorado) – Departamento de Ciências da Educação e do Património, Universidade Portucalense, Porto, Portugal, 2014.

MAINALI, B. R.; HECK, A. Comparison of traditional instruction on reflection and rotation in a Nepalese high school with an ICT-rich, student-centered, investigative approach. International Journal of Science and Mathematics Education, Taiwan, v. 15, n. 3, p. 487-507, 2015.

MARSCHALL, J; FIOREZE, L. A. GeoGebra no ensino das transformações geométricas: uma investigação baseada na teoria da negociação de significados. Porto Alegre: UFRGS, 2015.

MATOS, J. M.; SILVA, M. C. L. O Movimento da Matemática Moderna e diferentes propostas curriculares para o ensino de geometria no Brasil e em Portugal. Bolema, Rio Claro, v. 24, n. 38, p. 171-196, abr. 2011.

MEDEIROS, M. F.; GRAVINA, M. A. Geometria dinâmica no ensino de transformações no plano. Revista Eletrônica da Sociedade Brasileira de Matemática, Rio de Janeiro, v. 3, n. 1, 2015.

MURARI, C. Experienciando materiais manipulativos para o ensino e a aprendizagem da Matemática. Bolema, Rio Claro, v. 25, n. 41, p. 187-211, dez. 2011.

NG, O. L.; SINCLAIR, N. Young children reasoning about symmetry in a dynamic geometry environment. ZDM, Hamburgo, v. 47, n. 3, p. 421-434, 2015.

PAPADOPOULOS, I.; DAGDILELIS, V. Students’ use of technological tools for verification purposes in geometry problem solving. The Journal of Mathematical Behavior, New Jersey, v. 27, n. 4, p. 311-325, 2008.

PONTE, J. P. da. Tarefas no ensino e na aprendizagem da Matemática. In: PONTE, J. P. da (Org.). Práticas profissionais dos professores de Matemática. Lisboa: Universidade de Lisboa, 2014.

PRICE, A.; LEE, H. S. The effect of two-dimensional and stereoscopic presentation on Middle School students’ performance of spatial cognition tasks. Journal of Science Education and Technology, Gainesville, v. 19, n. 1, p. 90-103, 2009.

SANTOS, L. F.; TELES, R. A. M. Pintar, dobrar, recortar e desenhar: o ensino da simetria e artes visuais em livros didáticos de matemática para os anos iniciais do Ensino Fundamental. Bolema, Rio Claro, v. 26, n. 42A, p. 291-310, abr. 2012.

SANTOS, M. R.; BICUDO, M. A. V. Uma experiência de formação continuada com professores de Arte e Matemática no ensino de Geometria. Bolema, Rio Claro, v. 29, n. 53, p. 1329-1347, dez. 2015.

SÃO PAULO. Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Currículo do Estado de São Paulo: Matemática e suas tecnologias. 1. ed. São Paulo: SE, 2012.

______. Caderno do aluno: Matemática – 7.ª série/8.º ano, v. 2. São Paulo: IMESP, 2014.

SINCLAIR, M.; BRUCE, C. D. New opportunities in Geometry education at the primary school. ZDM, Hamburgo, v. 47, n. 3, p. 319-329, 2015.

THOMPSON, D. R.; SENK, S. L. The same Geometry textbook does not mean the same classroom enactment. ZDM, Hamburgo, v. 46, n. 5, p. 781-795, 2014.

TURGUT, M.; YENILMEZ, K.; ANAPA, P. Symmetry and rotation skills of prospective elementary Mathematics teachers. Bolema, Rio Claro, v. 28, n. 48, p. 383-402, abr. 2014.

VIEIRA, G.; PAULO, R. M.; ALLEVATO, N. S. G. Simetria no Ensino Fundamental através da resolução de problemas: possibilidades para um trabalho em sala de aula. Bolema, Rio Claro, v. 27, n. 46, p. 613-630, ago. 2013.

WAGNER, E. Construções geométricas. 6. ed. Rio de Janeiro: SBM, 2007.

YANIK, H. B. Prospective Middle School Mathematics teachers’ preconceptions of geometric translations. Educational Studies in Mathematics, Limerick, v. 78, n. 2, p. 231-260, 2011.

______. Middle-School students’ concept images of geometric translations. The Journal of Mathematical Behavior, New Jersey, v. 36, p. 33-50, 2014.

YANIK, H. B.; FLORES, A. Understanding rigid geometric transformations: Jeff’s learning path for translation. The Journal of Mathematical Behavior, New Jersey, v. 28, n. 1, p. 41-57, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.