Avaliação das práticas integrativas e complementares na atenção integral à saúde do idoso na atenção primária à saúde

Matheus Teles Salafia, Elizabeth Yu Me Yut Gemignani

Resumo


O objetivo deste estudo foi compreender a influencia das Práticas Integrativas e Complementares (PICs) na saúde integral do Idoso na Atenção Primária à Saúde no município de São Caetano do Sul. Aplicou-se questionário semiestruturado aos profissionais da saúde e idosos que assinaram o TCLE nos Centros Integrados de Saúde e Educação. Participaram 200 idosos e 20 profissionais. As PICs mais utilizadas pelos idosos foram a Acupuntura, Homeopatia e Fitoterapia. O desenvolvimento das PICs na rede municipal está em lento processo de expansão, apesar da incipiente melhora na qualidade de vida do idoso com a diminuição da medicação.

Palavras-chave


Atenção Integral à Saúde do idoso; Práticas Integrativas e Complementares; Atenção Primária à Saúde

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS - PNPIC-SUS / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. - Brasília: Ministério da Saúde, 2006. 92 p. - (Série B. Textos Básicos de Saúde) ISBN 85-334-1208-8.

DELLAROZA, M.S.G. et al. Caracterização da Dor Crônica e Métodos Analgésicos utilizados por Idosos da Comunidade. Rev Assoc Med Bras 2008; 54(1): 36-41

FISCHBORN, A.F.; MACHADO, J.; FAGUNDES, N. da C.; PEREIRA, N. M.. A política das Práticas Integrativas e Complementares do SUS: o relato de experiência sobre a implementação em uma unidade de ensino e serviço de saúde. Cinergis, Santa Cruz do Sul, 17(4 Supl.1):358-363, out./ dez. 2016 ISSN: 2177-4005.

HARRIS, P.E.; COOPER, K.L.; RELTON, C.; THOMAS K.J. Prevalência da utilização da Medicina Complementar e Alternativa (CAM) pela população em geral: uma revisão sistemática e atualização. Int J Clin Pract. 2012; 66 (10): 924-39. Doi: 10.1111 / j. 1742-1241.2012.02945.x

LIMA, K.M.S.V.; SILVA, K.L.; TESSER, C.D. Práticas Integrativas e Complementares e relação com Promoção da Saúde: experiência de um serviço municipal de saúde. Interface (Botucatu) [online]. 2014, vol.18, n.49, pp. 2 6 1 - 2 7 2 . E p u b M a r 1 0 , 2 0 1 4 . I S S N 1 8 0 7 - 5 7 6 2 . h t t p : / / d x . d o i . o r g / 10.1590/1807-57622013.0133.

LOPES, G.A. D. E cols.. Plantas Medicinais: indicação popular de uso no tratamento de hipertensão arterial sistêmica (HAS). Rev. Ciênc. Ext. v.6, n.2, p.143, 2010.

PAUL, P. Saúde e transdisciplinaridade. São Paulo: Edusp, 2013.

PEREIRA, A.N. Lian Gong na Terceira Idade. 2014. Disponível em: . Acesso em; 04/04/2017.

SCHVEITZER, M.C.; ESPER, M.V.; SILVA, M.J.P. da. Práticas Integrativas e Complementares na Atenção Primária em Saúde: em busca da Humanização do Cuidado. O Mundo da Saúde, São Paulo - 2012; 36(3): 442-451.

SILVA, M. da C.S.; ARAÚJO, D.S;; MARTINS, P. H. R. Como o Distrito Federal cuida da saúde de seus idosos. Refacer v. 5, n. 1, 2016.

SNIEZEK, D.P.; SIDDIQUI, I.J. Acupuncture for treating anxiety and depression in women: a clinical systematic review. Med Acupunct [Internet]. 2013 [cited 2015 Apr 02];25(3):164-72.

TELESI JÚNIOR, E.. Práticas Integrativas e Complementares em saúde, uma nova eficácia para o SUS. Estudos Avançados 30 (86), 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.