Adaptabilidade de cultivares de soja (glycine max) no município de Frederico Westphalen

Lucas Gaviraghi, Jardel Pellegrin, Anderson Werner, Eduardo Pelegrini Bellé, Claudir José Basso

Resumo


O conhecimento das características de cada cultivar de soja torna-se imprescindível para a obtenção de melhores resultados. Por isso, este trabalho objetivou conhecer a adaptação de cultivares na região de Frederico Westphalen. As avaliações foram realizadas a campo utilizando-se o delineamento experimental em blocos ao acaso, determinando-se a produtividade de cada genótipo. O melhor resultado foi alcançado pela cultivar TMG7062, obtendo a maior produtividade e, portanto maior adaptação à região em estudo.


Palavras-chave


Produtividade, Adaptação, Genótipo.

Texto completo:

PDF

Referências


ASFAW, A.; ALEMAYEHU,F.; GURUM,F.; ATNAF. M.AMMI and SREG GGE biplot analysis for matching varieties onto soybean production environments in Ethiopia. Scientific Research and Essay, V.4, P.1322-1330, 2009.

BASTIDAS, A.M.; SETIYONO, T.D.; DOBERMANN,A.; CASSMAN,K.G.; ELMORE,R.W; GRAEF,G.L.;SPECHT,J.E. Soybean sowing date: vegetative, reproductive, and agronomic impacts. Crop Science, v.48, p. 727-740,2008.

CAMÂRA, G. M. S.; HEIFFIG, L. S. Desempenho vegetativo e produtivo de cultivares e linhagens de soja de ciclo precoce no município de Piracicaba – SP. Scentia Agrícola, Piracicaba, v.55, n.3, Jul./Set.,p.395-408, 1998.

CARVALHO, E. R.; Desempenho de cultivares de soja [Glycine max (L.) Merrill] em cultivo de verão no sul de Minas Gerais. Ciênc. agrotec. [online]. 2010, vol.34, n.4, pp.892-899.

DEPARTAMENTO DE ECONOMIA RURAL- DERAL. SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO DO PARANÁ- SEAB. Estimativa do custo de produção. Disponível em: < http://www.agricultura.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=228>. Acesso: 03 de Agosto de 2018.

FERRARI, S. Development and yield of soybean plant spacing and growth regulator application of upswing. Acta Scientiarum Agronomy V.30, p. 365-371, 2008.

GONÇALVES, E. C. P.; DI MAURO, A. O.; CARGNELUTTI FILHO, A. Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de soja conduzidos em duas épocas de semeadura, na região de Jaboticabal- SP. Cientifica, v.35, n.1, p.61-70, 2007.

JUNIOR, F. J . V. DESEMPENHO DE CULTIVARES DE SOJA GMR 6 CURTO NA SAFRA 2014/15, NA EMBRAPA CLIMA TEMPERADO. Embrapa clima temperado, 2014. p.53.

KOMORI, E.; HAMAWAKI, O. T.; SOUZA, M. P.; SHIGIHARA, D.; BATISTA, A. M. Influência da época de semeadura e população de plantas sobre características agronômicas na cultura da soja. Revista Bioscience Journal, Uberlândia, MG, v. 20, n. 3, p. 13-19, 2004.

MARIOTTI, J.A.; OYARZABAL, E.S.; OSA, J.M.; BULACIO, A.N.R., ALMADA, G.H. Análisis de estabilidade y adaptabilidad de genótipos de caña-de-azúcar. I: interaciones dentro de uma localidade experimental . Revista agronômica do Noroeste Argentino, v.13, p.105-127, 1976.

OLIVEIRA, G.A.; Componentes de produção, produtividade, adaptabilidade e estabilidade fenotípica de materiais de soja no Paraná. Dissertação (mestrado), Universidade Estadual do Oeste do Paraná Campus de Marechal Cândido Rondon. 68p. 2018.

PEIXOTO, P.H.O.; PIMENTA, D.L.; CAMBRAIA, J. Alterações morfológicas e acúmulo de compostos fenólicos em plantas de sorgo sob estresse de alumínio. Bragantia, 2007. 66:17-25.

RITCHIE, S.W. et al. How a soybean plant develops. Ames: Iowa State University of

Science and Thechnology, Cooperative Extension Service, 1994, 20p. (Special Report,

.

ROCHA, R. S.; Avaliação de variedades e linhagens de soja em condições de baixas latitudes. Dissertação de mestrado. Universidade Federal do Piauí – UFPI, 2009. 59 f.: il. col.

URBEN FILHO, G.; SOUZA, P. I. M. Manejo da cultura da soja sob cerrado: época, densidade e profundidade de semeadura. In: ARANTES, N. E.; SOUZA, P. I. M. (Ed.). Cultura da soja nos cerrados. Belo Horizonte: POTAFOS, 1993. 535 p.

VENTIMIGLIA, L.A. ET AL. Potencial de rendimento da soja em razão da disponibilidade de fósforo no solo e dos espaçamentos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.34, n.2, p.195-199, 1999.

YAN, W. GGE biplot- a Windows application for graphical analysis of multienvironment trial data and other types of two-way data. Agronomy Journal, v.93, p.1111-1118, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.