A Influência da Mídia no Consumismo Infantil: Uma Revisão de Literatura

Sérgio Cirilo dos Santos Alves, Raiana Cardoso de Figueiredo Gravatá, Sheyla Christine Santos Fernandes

Resumo


O artigo propõe uma investigação sobre o uso de estratégias persuasivas pela mídia e as implicações da publicidade e propaganda para a criança. A pesquisa foi realizada nos bancos de dados SciELO, PePSIC e no Index Psi, entre os anos 2008 e 2017, utilizando os termos “consumidor and criança” e “publicidade and infantil”. 13 artigos foram coletados e três categorias foram elaboradas após a análise dos artigos. O baixo número de pesquisas publicadas nos anos analisados, demonstra que o assunto tem muito a ser discutido no país, principalmente no campo da Psicologia.


Palavras-chave


Consumo; Criança; Publicidade infantil; Mídia

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 1 ed. Lisboa: Edições 70, 2002. ISBN 10 – 8562938041

BRASIL. Resolução nº163, de 04 de abril de 2014. Dispõe sobre a abusividade do direcionamento de publicidade e de comunicação mercadológica à criança e ao adolescente. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 04 abr. 2014.

CAMPOS, C. C. G.; SOUZA, S. J. Mídia, cultura do consumo e constituição da subjetividade na infância. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, mar. 2003. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98932003000100003. Acesso em: 28 mar. 2018.

CARVALHO, I. A.; SERPA, M. G. Corpo e Embelezamento: a Criança Participante de Concurso de Beleza. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, out./dez. 2014. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1982-370001432013. Acesso em: 24 mar. 2018.

COSTA, S. M. M.; HORTA, P. M.; SANTOS, L. C. Análise dos alimentos anunciados durante a programação infantil em emissoras de canal aberto no Brasil. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo, dez. 2013. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2013000400017. Acesso em: 24 mar. 2018.

DUTRA, R. C. A. Consumo alimentar infantil: quando a criança é convertida em sujeito. Sociedade e Estado, Brasília, mai./ago. 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-699220150002000009. Acesso em: 30 mar. 2018.

ESPERANÇA, J.; DIAS, C. Das infâncias plurais a uma única infância: mídias, relações de consumo e construção de saberes. Educação (UFSM), Santa Maria, jan./abr. 2008. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/27. Acesso em: 26 mar.2018.

FIATES, G. M. R.; AMBONI, R. D. M. C.; TEIXEIRA, E. Comportamento consumidor, hábitos alimentares e consumo de televisão por escolares de Florianópolis. Revista de Nutrição, Campinas, jan./fev. 2008. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732008000100011. Acesso em: 28 mar. 2018.

HORLLE, A. S.; SCHMIDT, S. P. Criança, identidade e mídia: um estudo sobre consumo e publicidade infantil. Rizoma, Santa Cruz do Sul, jul. 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.17058/rzm.v5i1.7464. Acesso em: 26 mar. 2018.

HENRIQUES, P.; SALLY, E. O.; BURLANDY, L.; BEILER, R. M. Regulamentação da propaganda de alimentos infantis como estratégia para a promoção da saúde. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, fev. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v17n2/a21v17n2. Acesso em: 30 mar. 2018.

HENRIQUES, P.; DIAS, P. C.; BURLANDY, L. A regulamentação da propaganda de alimentos no Brasil: convergências e conflitos de interesses. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, jun. 2014. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/0102-311X00183912. Acesso em: 28 mar. 2018.

IGLESIAS, F.; CALDAS, L. S.; LEMOS, S. M. S. Publicidade infantil: uma análise de táticas persuasivas na TV aberta. Psicologia & Sociedade, Belo Horizonte, jan. 2013. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822013000100015. Acesso em: 27 mar. 2018.

INDURSKY, F. Qual o papel do estudo científico da linguagem em uma sociedade fundamentalmente midiática? Estudos do discurso, Brasília, jan. 2011. Disponível em: http://www.entremeios.inf.br/published/30.pdf. Acesso em: 24 mar.2018.

MOURA, T.; VIANA, F.; LOYOLA, V. Uma análise de concepções sobre a criança e a inserção da infância no consumismo. Psicologia: ciência e profissão, Brasília, fev. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932013000200016&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

MOURA, J.; GOMES, I.; COSTA, M.; COSTA, T. A influência da mídia na construção da identidade da criança contemporânea. IV CONEDU: Realize. João Pessoa, 2017. Disponível em: https://editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV073_MD1_SA9_ID9342_14102017123228.pdf. Acesso em: 30 mar. 2018.

NORDI, V. “VEM SER FELIZ”: A necessidade de consumo imposta pela mídia e pela sociedade às crianças. Univ. Fed. São Carlos, São Carlos, 2011. Disponível em: http://www.pedagogia.ufscar.br/documentos/arquivos/tcc-2008/vem-ser-feliz-a-necessidade-de-consumo-imposta-pela-midia-e-pela-sociedade-as-criancas. Acesso em: 26 mar. 2018.

OLMOS, A. Publicidade dirigida à criança: violência invisível contra a infância. Construção psicopedagógica, São Paulo, 2011. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-69542011000200003&lng=pt&tlngpt. Acesso em: 28 mar. 2018.

PASDIORA, M. A.; BREI, V. A. A formação do hábito de consumo infantil: uma análise crítica da Teoria de Consumo de Status aplicada às classes sociais altas e baixas no Brasil. Organizações & Sociedade, Salvador, jan./mar. 2014. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/S1984-92302014000100003. Acesso em: 24 mar. 2018.

SILVA, D. A. C.; CUNHA, A. C. R.; CUNHA, T. R.; ROSANELI, C. F. Publicidade de alimentos para crianças e adolescentes: desvelar da perspectiva ética no discurso da autorregulamentação. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, jul. 2017. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/1413-81232017227.03222017. Acesso em: 27 mar. 2018.

SILVEIRA NETTO, C. F.; BREI, V. A.; FLORES-PEREIRA, M. T. O fim da infância? As ações de marketing e a "adultização" do consumidor infantil. RAM. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, out. 2010. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/S1678-69712010000500007. Acesso em: 30 mar. 2018.

SOUZA, Â. R. L.; RÉVILLION, J. P. P. Novas estratégias de posicionamento na fidelização do consumidor infantil de alimentos processados. Ciência Rural, Santa Maria, mar. 2012. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782012000300030. Acesso em: 28 mar. 2018.

WEBER, T. B.; SOUSA, J. M. Comportamento de consumo infantil: uma revisão sistemática da literatura. CLAV, São Paulo, out. 2016. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ocs/index.php/clav/clav2016/paper/view/5735/1635. Acesso em: 24 mar. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.