Planejamento educacional: um olhar a partir da fala dos profissionais

Soraia Kfouri Salerno, Elaine Vieira Pinheiro

Resumo


Esta pesquisa possui como foco o estudo do Planejamento Educacional em unidades escolares, considerando o planejamento como recurso administrativo relevante pelo caráter político pedagógico que viabiliza. Partindo da correlação do local de trabalho com as determinações do sistema, na figura do Estado mantenedor, buscamos compreender a percepção dos profissionais da educação, a respeito do planejamento, que atuam no âmbito da gestão escolar, Diretores e Pedagogos. Pela pesquisa de cunho qualitativo, utilizamos como procedimentos o levantamento de referenciais teóricos, tais como: Ball (2011), Power (2011), Saviani (1998), Paro (2008), Calazans (2003) entre outros, e pesquisa de campo, por meio de questionário aberto a Diretores e Pedagogos do município de Londrina oriundos da rede estadual do Paraná, alcançando uma amostragem de 27% de cobertura. Procuramos reconhecer o contexto de atuação dos profissionais no Sistema de Ensino do Paraná, bem como suas demandas e especificidades na organização do trabalho pedagógico escolar. O planejamento como recurso mobilizador e interventor pelos profissionais, integra de maneira indissociável competência técnica e política, no entanto pode ser elemento contraditório quando utilizado de maneira acrítica pelos profissionais da educação, resultado de determinações da macroestrutura que deturpam o sentido do local de trabalho, distanciando-se do ideal de uma gestão democrática.


Palavras-chave


Planejamento. Gestão Escolar. Gestão Democrática

Texto completo:

25-45

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.