Cascudo e a escrituração de si: infância e educação n’o tempo e eu

Tatiê Silva Cardoso de Moura, Olivia Morais de Medeiros Neta

Resumo


Objeta-se com este trabalho fazer uma análise autobiográfica de Luís da Câmara Cascudo na obra “O Tempo e Eu: Confidências e proposições”, publicada em 1967, tendo como enfoque a infância e a educação. O estudo delineia-se a partir de revisão documental e bibliográfica. A pesquisa tem por base os entendimentos de escrita de si como escrita da história, de Ângela de Castro Gomes, e autor e autoria conforme Foucault. Pela análise, percebeu-se que Cascudo discorre sobre sua infância na medida em que aborda sua formação educacional. A infância e a educação para Cascudo estão em simbiose, sendo esta constituída pela associação entre o brincar, a afeição pela leitura e sociabilidades familiares.


Palavras-chave


Cascudo; Infância; Educação; Autobiografia

Texto completo:

PDF

Referências


ARRAIS, Raimundo; ANDRADE, Alenuska; MARINHO, Márcia. O corpo e a alma da cidade: Natal entre 1900 e 1930. Natal: Edufrn Editora da Ufrn, 2008. 206 p. ISBN 978-85-7273-449-3.

A REPUBLICA. Natal, 29 dez. 1902. Jornal consultado no Arquivo Público do RN.

BARRETO, Anna Maria Cascudo. Coronel Cascudo: O Herói Oculto. Natal: Edufrn Editora da Ufrn, 2010. 272 p.

CASCUDO, Luís da Câmara. O Tempo e Eu. Natal: Edufrn Editora da Ufrn, 1983. 254 p. (Coleção CÂMARA CASCUDO: MEMÓRIA).

CHRIST, Mara Vicelle Ruviaro. O ensino domiciliar no Brasil: Estado, escola e família. 2015. 145 f. Monografia (Especialização) - Curso de Direito, Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba, 2015.

FERNANDES, Ambrosiana da Silva; GOMES, Mariana Soares; STAMATTO, Maria Inês Sucupira. Métodos de Alfabetização no Brasil - Entre o Império e a República. In: STAMATTO, Maria Inês Sucupira; NETA, Olivia Morais de Medeiros. (Org.). Histórias de ensinos no Brasil. João Pessoa: Ideia, 2016. Cap. 1. p. 10-24.

FOUCAULT, Michel. O que é um autor? 3. ed. Vega, 1992. 161 p. (Passagens).Tradução: António Cascais e Eduardo Cordeiro. ISBN: 972-699-303-2.

GHIRALDELLI JUNIOR, Paulo. História da Educação Brasileira. 4. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2009.

GOMES, Ângela de Castro. Escrita de Si Escrita da História. Rio de Janeiro: Fgv, 2004. 378 p

GOHN, Maria da Glória. Educação não-formal, participação da sociedade civil e estruturas colegiadas na escola. Aval. Pol. Públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 14, n. 50, p.27-39, mar. 2006.

NEVES, Margarida. A educação pela memória. Teias, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p.1-10, jan. 2000. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2018.

SALES NETO, Francisco Firmino. Luís Natal ou Câmara Cascudo: o autor da cidade e o espaço como autoria. 2009. 180 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-graduação em História, Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, SP, Brasil, ISSN: 2359-232X

 Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.